Número total de visualizações de página

sábado, 31 de março de 2012

FRASES 5

albanosousanogueira@sapo.pt
http://operfumededeus.blogspot.com


- A glória de Deus é o Homem vivo e não agrilhoado ou defeituoso.
- Hoje sente-se uma náusea, um sabor a morte espalhado pela sociedade em decadência.
E só em Deus é possível um novo céu e uma nova terra onde Deus mora com os homens.
- Só com Jesus seremos salvos do tédio, o sem sentido e da náusea (nojo) de viver…
- Só pela fé em Jesus Cristo encontraremos verdadeiro sentido para a nossa vida e para a nossa morte, procurando agir como cristãos numa perspetiva de esperança.
- O consumismo ameaça atolar (afundar) os jovens e a nossa sociedade varrendo toda e qualquer barreira ética.
- No consumismo, Deus e o cristianismo são, de facto, supérfluos…
- Deus revela-se na Bíblia e na História humana não como Aquele que condena, mas Aquele que salva o Homem.
- O Deus que ama e, portanto, por amor, está próximo dos homens também no seu sofrimento.
- O Deus da Bíblia é o Deus que fala por meio de outras pessoas (profetas), mas que se deixa encontrar no silêncio.
- Deus ouve-se, especialmente, no silêncio, na consciência.
- A Igreja paroquial é como um fontanário da aldeia. Lá brota a água viva da palavra de Deus e da Sagrada Eucaristia...

quinta-feira, 29 de março de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 51

albanosousanogueira@sapo.pt
http://deixadeusentrar.blogspot.com


51. Quando é que se acende o novo círio pascal?
O círio pascal é símbolo de Jesus ressuscitado, cuja luz ilumina o caminho dos cristãos.
E é na noite de Páscoa que, todos os anos, se acende o círio novo.
É costume acender uma fogueira no exterior da igreja.
O padre benze-a e acende com ela uma pequena chama que serve para acender o cirio pascal.
Depois, entra na igreja às escuras e, com essa simples chama, ilumina a escuridão.
Na verdade, basta às vezes uma chama muito pequena para iluminar o nosso caminho à noite.
Do mesmo modo volta o marinheiro a ter esperança no meio da tempestade quando consegue ver no horizonte a luz de um farol a atravessar a noite.
As velas da assembleia – primeiro apenas algumas, depois muitas – são todas acendidas no círio pascal.
É a Boa Nova da Páscoa que vai iluminando progressivamente toda a comunidade.
O círio, identificado com o ano a que diz respeito, fica iluminado durante a Eucaristia de domingo até ao dia de Pentecostes, representando Cristo ressuscitado e presente no meio da comunidade.
No Pentecostes, é o Espírito Santo que toma lugar nos nossos corações.
Foi Jesus quem no-l’O enviou para nos ajudar a recordar as suas palavras, nos levar a caminhar ao seu encontro e nos guiar «para a verdade total» (João 16, 13).

segunda-feira, 26 de março de 2012

A FÉ COMO ENCONTRO




      A FÉ COMO ENCONTRO
A NOITE É SINAL DE VAZIO…
SEM SENTIDO…
QUAL O MEU RUMO???
JESUS É LUZ
ELE VEM TER CONNOSCO
BRILHA A ESPERANÇA
COM JESUS RESSUSCITADO, A NOSSA VIDA É UMA CESTA CHEIA DE ALEGRIA
A IGREJA É UMA BARCA
IDE… fazei discípulos
LANÇAI AS REDES PARA O OUTRO LADO
A minha confiança está em DEUS
A PALAVRA DE DEUS É ALIMENTO
ALEGRIA
PAZ
AMOR
TRANSMISSÃO DA FÉ NA COMUNIDADE CRISTÃ
AJUDA
IGUALDADE
CARIDADE
AJUDAR O MUNDO: ser para os outros...
VIVER A PALAVRA
O EVANGELHO DA ESPERANÇA, ENTREGUE À IGREJA E POR ELA ASSIMILADO, PRECISA DE SER DIARIAMENTE ANUNCIADO E TESTEMUNHADO.” (João Paulo II, A Igreja na Europa 45, 2003)

Oração final
Jesus, Filho de Deus,
em quem habita toda a plenitude da divindade,
Vós chamais todos os baptizados a “fazerem-se ao largo”,
percorrendo o caminho da santidade.
Despertai nos nossos corações
       o desejo de sermos no mundo de hoje
       testemunhas da força do Vosso amor.
        Enchei-nos do Vosso espírito de fortaleza e de prudência
       para que sejamos capazes de descobrir
       a verdade plena sobre si
      e sobre a nossa própria vocação.
      Ó nosso Salvador,
enviado pelo Pai para nos revelar o seu amor misericordioso, concedei à vossa Igreja o dom de sermos jovens prontos a fazermo-nos ao largo para sermos entre os irmãos uma manifestação da Vossa presença salvífica e renovadora.
Boa semana… com Jesus

quinta-feira, 22 de março de 2012

A VIDA COM SINAL MAIS

albanosousanogueira@sapo.pt
http://operfumedeus.blogspot.com

    A vida com sinal mais.
           O sinal mais é o sinal da cruz… Deus é MAIS…
           É que a cruz é a revelação do “mais” que há em Deus: mais em Vida, em Amor, em doação, em serviço, em perdão, em salvação...
        Tu, meu amigo procura viver com sinal “mais
        Ter vida com sinal mais, ser mais…
         O sinal mais na matemática significa somar, acrescentar.
        Ora a pessoa humana precisa desse sinal mais, num tempo em que se vê tudo em sinal menos: menos dinheiro, menos consumo.
       Quando há menos “ter”, se calhar, será preciso haver mais “ser”… O ter é exterior. O ser é interior, é por dentro.

Vivemos numa sociedade de abundância, de consumo, de fartura.
E falamos de crise…

Vivamos numa sociedade que valoriza o exterior, o material, o ter coisas.
Claro que precisamos muito das coisas e dos bens materiais; mas a riqueza maior está no interior, no “ser”, no que “somos” e não no que “temos”…

Estamos mal, sim senhor, mas outros estão bem pior do que nós.
Nós ainda temos muita fartura, ainda esbanjamos muito… Outros há, que não têm (alguns nunca tiveram) o necessário para comer, não têm o mínimo para sobreviver…

Lembramos muitos países da África, da Ásia, da América do Sul. Esses sim vivem em crise permanente…

A nossa crise é a crise dos ricos… Temos menos um bocado, mas ainda temos muito…

 Ainda se pode poupar muito em muitas situações, acontecimentos e circunstâncias…

Ainda se esbanja muito, ainda se gasta muito dinheiro à toa, sem necessidade (digo eu?)…

Vida com sinal mais: há coisas que não custam dinheiro: amor, carinho, ternura, palavra amiga, um sorriso…

segunda-feira, 19 de março de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 48


48- O que significa o facto de Jesus ter ressuscitado?
     Põe-te no lugar dos Apóstolos.
    Eles tinham deixado tudo para seguir Jesus, tinham escutado a sua mensagem (finalmente, eram palavras que lhes pareciam acertadas), acreditaram que o seu caminho era o bom caminho para nos conduzir à felicidade, mas tudo isso terminou, infelizmente, numa cruz.
Ficaram num impasse, portanto.
«Tínhamos esperança, mas enganámo-nos…».
Mas, a pouco e pouco, graças ao túmulo vazio e às aparições, começaram a compreender que a Boa Nova de Jesus não era um sonho. Deus dera-Lhe razão.
A cruz não tivera a última palavra.
Jesus ultrapassara a morte e estava com o Pai, de quem tanto lhes tinha falado.
Encontrava-se, portanto, bem vivo, embora não à maneira da Terra.
Dizer que Jesus ressuscitou é também acreditar no que Ele disse: «Eu estarei sempre convosco, até ao fim dos tempos» (Mateus 28, 20).
E, estando Junto do Pai, Jesus está, como Ele, presente onde quer que alguém abra o seu coração.
Acreditar em Jesus ressuscitado é, portanto, compreender que nem tudo se limita àquilo que os nossos olhos de carne conseguem ver, àquilo que a nossa inteligência é capaz de compreender, sendo que a Vida surge um pouco por todo o lado.
Aquele que Deus nos enviou continua a caminhar connosco e leva-nos consigo até à alegria eterna em que Ele próprio já vive.
A morte ficou para trás.
Por isso, já não temos razão para chorar.

sexta-feira, 16 de março de 2012

DEUS CONTA COMIGO E CONTIGO

 
 
-----
 
Deus cria os Homens pelos Homens
Deus fala aos Homens pelos Homens
Deus ajuda os Homens pelos Homens
Deus perdoa aos Homens pelos Homens
Deus corrige os Homens pelos Homens
Deus governa os Homens pelos Homens
Deus salva os Homens pelos Homens.
Deus conta contigo, meu amigo, minha amiga.
 
***************
 
Muita gente não entende Deus, não percebe Deus, não vê Deus porque espera uma intervenção direta de Deus.
Isso aconteceu na pessoa de Jesus Cristo, mas Ele foi o Deus encarnado.
Deus e Homem verdadeiro, mas escondeu muito a Sua divindade. A Sua humanidade é que se via realmente.
Portanto, mesmo em Jesus Cristo, Deus fez-se homem, falou como Homem, ensinou como Homem, morreu como Homem...
Hoje somos nós, os membros do Corpo Místico de Cristo, a Igreja, que temos de ser Seus colaboradores, Seus servidores, Seus enviados, Seus mensageiros.
 
Deus conta comigo e contigo.
 
Não esperes um milagre diretamente de Deus, isso é muito raro.
Mas se tu fizeres a tua parte, talvez Deus realize coisas grandes, belas, impossíveis, curas, milagres, maravilhas.
Deus age em nós e através de nós.
Deus é a água viva, mas nós somos como que a mangueira de que Deus se serve para chegar até aos outros...
 
 

quarta-feira, 14 de março de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 46

46. Porque é que Jesus ressuscitou e nós não?
    Mas nós somos ressuscitados com Jesus…
«Pelo baptismo sepultamo-nos juntamente com Ele, para que, assim como Cristo ressuscitou dos mortos […], assim assim caminhemos nós também numa vida nova», diz São Paulo (Romanos 6, 4).
Eis a Boa Nova cristã.
Ainda é preciso morrer, mas essa morte será o nosso verdadeiro nascimento.
Como podemos saber que isso é verdade?
Tal como é pela fé que acreditas que Jesus ressuscitou, uma vez que Ele nunca te apareceu, também é pela fé que acreditas que a vida eterna já começou para quem foi baptizado.
Mas o que é a vida eterna? É viver para sempre no seio de Deus-Amor, amando-nos uns aos outros.
O «Céu» é a realização do desejo mais profundo, que é ter a felicidade de amar e ser amado.
Olhando à tua volta, verás que há homens e mulheres que já vivem como ressuscitados. São os santos – os do passado (São Francisco, Santo António, Santa Teresinha…), mas também os de hoje, que vivem perto de ti.
Eles sabem amar como Jesus.

sábado, 10 de março de 2012

A PROCURA DE DEUS

 


A glória de Deus é o Homem vivo e não agrilhoado ou defeituoso.
- Hoje sente-se uma náusea, um sabor a morte espalhado pela sociedade em decadência. E só em Deus é possível um novo céu e uma nova terra onde Deus mora com os homens.
- Só com Jesus seremos salvos do tédio, o sem sentido e da náusea (nojo) de viver… Só pela fé em Jesus Cristo encontraremos verdadeiro sentido para a nossa vida e para a nossa morte, procurando agir como cristãos numa perspetiva de esperança.
- O consumismo ameaça atolar (afundar) os jovens e a nossa sociedade varrendo toda e qualquer barreira ética.
No consumismo, Deus e o cristianismo são, de facto, supérfluos… O que conta é o material e Deus é espiritual. Por isso, num mundo que só dá valor ao material, não se entende a necessidade de Deus.
Deus revela-se na Bíblia e na História humana não como Aquele que condena, mas Aquele que salva o Homem.
- O Deus que ama e, portanto, por amor, está próximo dos homens também no seu sofrimento.
- O Deus da Bíblia é o Deus que fala por meio de outras pessoas (profetas), mas que se deixa encontrar no silêncio.
Deus ouve-se, especialmente, no silêncio, na consciência.
- A Igreja paroquial é como um fontanário da aldeia. Quem não beber desta fonte da água viva que é Jesus Cristo, vai beber outras águas estragadas, mas que não saciam o coração humano.
- O Homem pode ser anjo ou besta.
Depende da forma como usa a sua liberdade.
A Bíblia fala do homem desfigurado pelo pecado, pelo mal e pela maldade, mas capaz de melhor se deixar Deus agir na vida dele.
- A Bíblia fala-nos de um Deus apaixonado pelo Homem.
- Deus é o terno protetor da vida e do homem sobre a terra.
Deus é um enamorado desiludido, mas não resignado à traição. Sempre disponível a recomeçar com os Homens uma História de amor, apesar das traições.
Sempre disposto a perdoar as nossas traições ao Seu amor.

terça-feira, 6 de março de 2012

FRASES 2


QUARESMA, TEMPO DE CONHECER E AMAR MAIS A DEUS E AOS OUTROS

- Conhecer e amar são estímulos da existência.
- Conhecer e amar são duas realidades que identificam e definem o ser humano. Conhecer e amar andam unidos.
É difícil amar sem conhecer e é difícil continuar no conhecimento faltando o amor.
- Queremos e precisamos de nos conhecer a nós mesmos para nos amarmos de verdade.
- O segundo conhecimento é conhecer quem tenha valor para nós.
Conhecer as pessoas que queremos amar e por queremos ser amados.
- Conhecer a Deus é algo de essencial para a pessoa humana.
Aqui o conhecimento de Deus é imperfeito.
Depois da morte, teremos um conhecimento pleno e total de Deus.
Só aí deixaremos de sofrer, ficaremos completos e estaremos na Sua presença na felicidade total.
- Ciência e técnica não são alternativas de Deus.
Cada realidade tem o seu valor e o seu lugar.
Nem Deus quer ocupar o lugar da ciência e da técnica, nem estas podem ocupar o lugar de Deus.
- Deus é Amor.
É o amor que faz a diferença entre o viver cristão e o viver pagão.
- A Igreja precisa de comunicar aos homens esta verdade que Deus é Amor e ensinar as pessoas a amar como Deus ama.
Amor sincero, puro, autêntico, desinteressado.

CARLO DI CICCO, Pegadas de Deus, gráfica de Coimbra 2, 2010

Meu irmão e minha irmã, aproveita a Quaresma para te conhecres melhor e veres aquilo de que precisas que Deus te purifique.
Procura conhecer melhor os outros para os amares mais.
Procura ler a Bíblia, ler bons livros, rezar mais, para conheceres mais o amor de Deus por ti e amares mais a Deus neste tempo sagrado da Quaresma.

sábado, 3 de março de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 44


44. Jesus vai voltar à terra?
    Entre as últimas palavras da Bíblia, aparece a frase: «Vem, Senhor Jesus!» (Apocalipse 22, 20).
     Na missa, quando proclamam o «Credo», os cristãos dizem todos juntos: «De novo há-de vir em sua glória» referindo-se a Jesus.
     Há mais de dois mil anos que os cristãos preparam o regresso de Jesus.
      Há muitas parábolas do Evangelho que nos convidam a fazê-lo e nos lembram que precisamos de estar atentos e de rezar enquanto nos esforçamos por isso.
     Podes ler essas belas histórias de Jesus em Mateus 25, 1-13 e 14-30, e Lucas 12, 35-48.
Tudo tem um fim – a nossa vida, o mundo…
Um dia morreremos e, segundo dizem os sábios, o sol extinguir-se-á e a Terra arrefecerá.
Mas, para os cristãos, a morte é o fim da nossa vida na Terra não são um ponto final.
São passagem para Deus. Quando parecer chegar ao fim, Jesus virá ao nosso encontro para nos levar a sentir para sempre a felicidade de Deus.
É a isso que se chama muitas vezes «o Céu».
Não tentes imaginar tudo isso, porque será muito mais belo do que aquilo que os nossos olhos conseguem ver. Entretanto, Jesus aconselha-nos no Evangelho: «Vigiai […] porque não sabeis nem o dia nem a hora» (Mateus – 25-13).
Só mais uma coisa: diz-se muitas vezes que o cristão é um outro Cristo.
Portanto, sempre que vives como um discípulo de Jesus e O deixas agir em ti, já não és tu quem vive – é Cristo quem vive em ti, como dizia São Paulo.
É Jesus que, em ti, vai ao encontro dos outros.