Número total de visualizações de página

quarta-feira, 19 de junho de 2013

HOMEM NOVO

http://operfumededeus.blogspot.com


Ser Homem Novo como Deus quer.
Nova criatura

- Humildade no trato.
- Firmeza na fé.
- Discrição nas palavras.
- Justiça nas ações.
- Misericórdia nas obras.
- Retidão nos costumes.
- Não ofender ninguém.
- Suportar as ofensas recebidas.
- Conservar a paz com os outros.
- Amar o Senhor com todo o coração.
- Amar a Deus como Pai e temê-lo como Deus.
- Nada recusar a Cristo, já que Ele nada nos recusou.
- Viver inseparavelmente unido ao amor de Deus.
- Aceitar a cruz da vida.
- Permanecer unido à Cruz de Jesus.
- Mostrar nas palavras a constância da fé que professamos.
- Paciência nas adversidades.
- Paciência na doença.
- Numa palavra: ser imagem e semelhança de Jesus Cristo:

AMAR A DEUS (FÉ E PRÁTICA RELIGIOSA).

AMAR OS OUTROS E AS COISAS DOS OUTROS.

AMAR-SE E RESPEITAR-SE A SI MESMO(A)

quinta-feira, 13 de junho de 2013

ANO DA FÉ- REFLEXÃO


http://operfumededeus.blogspot.

 
A fé em Deus não é só para quando a vida corre mal:
crises, doenças, morte, desgraças, etc...

A fé não é uma muleta ou fuga do mundo, nem sequer o cinto de segurança, nem um seguro contra todos os riscos.
 
A fé é dar um salto no escuro, sabendo que o Pai espera por nós; é um empurrão que nos leva a correr riscos;
A fé é mais fonte de insegurança do que cinto de segurança.

A fé não é como que um cobertor elétrico que nos aquece no frio.
Fé implica cruz, morte, despojamento, esvaziamento de nós mesmos, abandono.

Fé não é ir ao sabor da corrente, do mais fácil, do mais cómodo, mas ir contra a corrente, estar em minoria e seguir caminhos de subida, custosos, difíceis de luta e de combate contra o mal que há em mim: vícios, defeitos e pecados.

A fé não torna as coisas mais fáceis, nem mais claras.
A fé é uma questão de confiança em Deus, em Jesus Cristo, no E. Santo; uma amizade entre nós e Deus; melhor, uma questão de casamento entre Deus e nós, a tal Aliança de que fala a Bíblia.

É intimidade entre a divindade e a humanidade.

A fé é intimidade de amor entre cada um de nós e o Criador do Universo.
Deus ama-nos como um apaixonado ama a sua amada.
Quem praticar a religião por obrigação, nada entende da fé como amizade, pois não se pode obrigar uma pessoa a gostar do outro. Vir à missa é dizer: "eu gosto de estar com Deus, com J. Cristo, eu preciso de ir à Missa".

quarta-feira, 12 de junho de 2013

MÃO NA MÃO



Objeto de barro.
A nossa mão na mão de Deus.
A nossa vida na mão de Deus.
Símbolo da fé, confiança, abandono, entrega, súplica a Deus nosso Pai que os ama.
Fé prática na Divina Providência.
Se houver pessoas interessadas em adquirir este objeto de barro, comuniquem comigo
Um bom presente para oferecer a marido, esposa, filhos, netos, irmãos, amigos, etc.
Meu email:
albanonogueira2012@sapo.pt



quinta-feira, 6 de junho de 2013

ESTIMAR E APRECIAR A FAMÍLIA


http://operfumededeus.blogspot.com


3-Estimar e apreciar as pessoas da tua família.
Deves ter estima por elas (mesmo que tivessem errado) e estima por ti mesmo(a), mesmo que também tu tenhas errado.

Os pais tentaram fazer o melhor que puderam por ti.
Vive reconciliado com a tua família: em paz com teus pais, irmãos, avós.
Para estares bem contigo mesmo, tens de estar bem com a tua família.
Isso é fundamental para a construção da tua personalidade.
Não se pode recusar o passado.
Se recusares o teu passado, não serás feliz nem no presente, nem terás esperança no futuro de seres muito feliz.
O passado já passou, tem de se aceitar. Faz parte de nós.

sábado, 1 de junho de 2013

ALIMENTAR E CULTIVAR A FÉ


ALIMENTAR E CULTIVAR A FÉ
 
Cultivar a fé, estudando as verdades da fé, o Catecismo da Igreja Católica.
Há muito desconhecimento das verdades
da nossa fé cristã.

Cultivar a fé pela oração pessoal,
refletindo acerca de Deus na oração
pessoal, familiar, de grupo.

Cultivar a fé para sabermos o que significam
os sacramentos, para conhecermos e
compreendermos a Bíblia, o Evangelho.

Cultivar a fé para sermos cristãos
adultos, maduros na fé, pondo de
lado a crendice, a superstição, a ignorância,
os medos.

Cultivar a fé para a podermos traduzir em
obras, pois a fé sem obras está morta,
para podermos viver de modo dinâmico, ativo, 
alegre, vivo, sendo cristãos corajosos
e comprometidos.
Obras de caridade, obras de misericórdia.

Cultivar a fé para que ela nos leva a
construir um mundo melhor, onde o Reino
de Deus seja cada mais uma realidade
que transforme o mundo e as estruturas
 da sociedade.

Cultivar a fé para termos atitudes cristãs,
bem diferente de quem vive de forma pagã.

Cultivar a fé para que possamos saborear
mais intensamente a riqueza dos mistérios,
das Pessoas divinas, dos sacramentos,
 dos mandamentos, da totalidade da vida e
 da prática cristã mais adulta.

Fé é ver para além das aparências, como

um raio  X que vê mais fundo e mais longe.

A fé é um meio de conhecer as realidades

que não se veem nem se percebem pelos 5
 
sentidos.
 
É uma espécie de 6º sentido.