Número total de visualizações de página

sábado, 29 de março de 2014

VIVE RUMA VIDA COM DEUS E EM DEUS

http://deixadeusentrar.blogspot.com

            VIVER UMA VIDA DE FÉ

Muitas pessoas deixaram de ter regras, normas objetivas de comportamento moral e só seguem normas subjetivas= subjetivismo moral...
Daqui surge uma vida sem moral e contra a moral cristã.

As consequências podemos vê-las na vida de muita gente: abatida, frustrada, desiludida, viciada, perdida, desorientada, deprimida, com medo, com angústia, sem sentido da vida de muita gente vazia, cansada de viver...

 A ciência nega a Deus, a técnica nega a Deus e põem toda a confiança no poder humano...

O Homem torna-se o fim de si mesmo; torna-se a medida de todas as coisas, por isso, se rejeita Deus ou se ignora, pois afirma-se: Deus não faz falta.

A Igreja ensina que a fé em Deus não vai contra as capacidades humanas. Pelo contrário. Quanto mais se acreditar em Deus, mais se afirmará a dignidade humana e a sua perfeição que vem de Deus.

A Igreja afirma que cada pessoa é chamada a uma comunhão com Deus, como um filho com o Pai e, assim, participará na sua felicidade.

Sem Deus, a pessoa será sempre um problema não resolvido, pois só Deus é a resposta completa ao problema que é o ser humano para si mesmo.

A sociedade actual fabrica uma nova cultura sem Deus. Espalha-se o veneno que leva as pessoas a não pensarem em Deus. Ridiculariza-se a Igreja Católica e as pessoas ligadas à hierarquia: Papa, Bispos, sacerdotes...

Raramente se dão boas notícias sobre a vida e atividade da Igreja, mas as notícias contra a Igreja Católica e as pessoas religiosas, andam em todos os jornais e televisões e muitas vezes...

Um cristão deve formar-se bem e não se deixar instrumentalizar, nem manipular (enganar) pela comunicação social.
Os cristãos não podem viver de renda, de rendimentos, do que já receberam a nível de formação, de cultura religiosa: catequese, como se já fossem doutores e não precisassem de saber mais nada de religião.

sábado, 15 de março de 2014

RECONCILIAÇÃO QUARESMAL



http://operfumededeus.blogspot.com

         Quaresma é tempo de confissão, de reconciliação
 
AMOR CRISTÃO
        Que é que mais existe na nossa vida? Que é que eu alimento na minha vida: o bem ou o mal? O amor ou o desamor? O perdão ou a vingança?

Deus é AMOR (dá, dá-se) e quanto mais amarmos, mais seremos parecidos com Deus, pois fomos criados à imagem e semelhança de Deus.

Fomos criados por Deus para amar ao jeito de Deus Pai e ao jeito de Jesus Cristo. E só assim seremos felizes profundamente.

Toga a gente quer ser feliz, mas nem todos querem ser felizes segundo o ensinamento do evangelho que é amar, amar muito e bem; fazer bem aos outros, dar, dar-se.
Quaresma é tempo de fazer um exame de consciência e amar mais e melhor tomando deus por medida do amor, pois se a medida do amor sou eu, ou os (maus) exemplos do mundo, o  meu amor é muito mesquinho, muito pequenino.
    Quaresma é tempo de:

1-Amar mais e melhor a Deus.
         2-Amar os outros, todos os outros.
         3-Amar-se e respeitar-se a si mesmo.
         4-Amar e respeitar a natureza que Deus criou.

1-As faltas de fé, faltas de religião, faltas de oração, de prática religiosa, são faltas de amor a Deus.

Amar a Deus, é dar tempo a Deus, conhecê-l’O como Senhor da minha vida, obedecer-lhe, imitá-l’O. Rezar, praticar a religião. Ler a Palavra de Deus.

2- O ódio, o rancor, as guerras, o terrorismo, as vinganças, os roubos, os assaltos, a violência, as mortes inocentes de tantas pessoas e muitas outras, são faltas de amor aos outros.
          Amar os outros é querer o bem dos outros.

3- O abuso da comida, da bebida, de droga, de cigarro, da sexualidade, má educação e outras dependências, preguiça, suicídio. São faltas de amor a si mesmo.
          Amar-se a si mesmo é evitar tudo o que me prejudica:
      vícios, má-educação, defeitos, pecados. E fazer aquilo que
       me faz crescer como pessoa e como filho e filha de Deus.

4- Poluição, incêndios, destruição da natureza, são faltas de amor à natureza que Deus criou. Tratar bem e respeitar a natureza e ver nela o dedo de Deus: bondade, beleza, ordem, harmonia, grandeza, poder.

É importante ensinar as crianças e os jovens a amar, pois o amor é a força e a energia que faz andar o mundo.

Se se ama bem, o mundo avança para o bem; se se ama mal, o mundo avança para o mal.

sexta-feira, 7 de março de 2014

NÃO NOS DEIXEIS CAIR EM TENTAÇÃO



http://operfumededeus.blogspot.com

A TENTAÇÃO

Jesus foi tentado no deserto (1º Domingo da Quaresma)
 e todos nós também somos tentados a viver para o:

- TER (ter pão de forma fácil, sem trabalho, sem esforço, e
        ter todos os bens materiais, dinheiro...).
- PRAZER (famas, honras, vaidades, aplausos...

- PODER- Autoridade, domínio, poder sobre os outros...

Tentação de fazer o mais fácil...
Jesus venceu as tentações. É nosso modelo...

Jesus viveu na sua vida e propõe para nós o seguinte:

- SER MAIS- Ser mais gente, mais amigo, mais educado, mais
       simples, mais generoso, mais desprendido, ser mais e
       melhor filho e filha de Deus

- HUMILDADE, simplicidade, pequenez.

- SERVIÇO, atenção aos outros, ajuda aos outros, amar até o não-amável, o que custa muito amar...
------------
    Por vezes, o ambiente em que vivemos arrasta-nos para becos sem saída. Somos tentados a fazer o que não desejamos.
Não é Deus quem nos manda as tentações.
Elas estão dentro e fora de nós.
    Pedimos que Deus nos ajude a vencer as tentações com a força do Espírito Santo, para caminharmos felizes no caminho do bem.
    "Vigiai e orai para não cairdes em tentação".
    A grande tentação é a de NÃO AMAR...
Não amarmos a Deus...
Não amarmos os outros como eles merecem, utilizando-os como objetos e não como pessoas humanas e irmãos a amar, a perdoar, a servir.
    Cair em tentação não é um cair físico, mas espiritual.
    Vivamos erguidos, como ressuscitados, como discípulos de Cristo.
    Quando pecamos por pensamentos, por palavras, por obras e por omissões, como que rastejamos pelo chão e deixamos de ver o CÉU, deixamos de ver a Deus...