Número total de visualizações de página

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

QUARESMA, TEMPO DE MELHOR ORAÇÃO



QUARESMA, TEMPO DE REZAR MAIS E MELHOR

 A oração é uma necessidade e não uma obrigação.
É uma necessidade de quem ama a Deus.
Na oração, podemos dizer a Deus o que sentimos, o que pensamos.
Pedir perdão para os nossos pecados, buscar ajuda. Agradecer o que já recebemos.
Louvar a Deus porque Ele nos ama e por Ele ser tão bom para connosco.
Precisamos de ouvir o que Ele nos quer dizer.
Para O ouvir, devemos ler a Bíblia, vir à Igreja ouvir a Sua Palavra.
Só se ama aquilo que se conhece.
Devemos aprofundar a nossa fé.
Estudar, ler bons livros para sabermos em quem acreditamos (pessoas divinas) e no que acreditamos verdades da nossa fé.
Conhecer os mandamentos, os sacramentos, as obras de misericórdia, as bem-aventuranças, as virtudes teologais, as virtudes cardiais, dons do Espírito Santo.
Se não se apostar na formação, a Igreja não tem futuro, dizia um bispo.
Se amamos a Cristo, temos de nos interessar por aquilo que Ele disse e fez.
Para mim, quem é Jesus Cristo? Que valor tem para mim?
Que influência tem na minha vida?
Já me encontrei com Ele na oração pessoal, íntima, como um amigo fala ao seu amigo?
Cristo é o Messias, o Ungido, o Salvador, o Libertador, o Filho de Deus.
Mas para mim, será isso mesmo na prática?
Deus é uma família.
Falar com cada uma das pessoas divinas todos os dias: falar com Deus Pai, falar com Deus Filho, falar com o Espírito Santo.
Valor da oração. Quanto tempo dou à oração?
Falar com Deus como um EU fala a um TU.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 42

.
42. Dizemos que Jesus é nosso amigo, mas não o vemos…
.
      É Verdade, Jesus é um amigo surpreendente.
       Sendo Aquele que vemos menos, é também, segundo dizem os crentes, o que está mais presente.
      Com efeito, a sua morada preferida é o coração daqueles que crêem n’Ele e O amam.
Como todos os bons amigos, Jesus é discreto.
Nunca se impõe.
Podes ignorar a sua presença, mas, se O acolheres, Ele será fiel, tornar-te-á feliz e estará sempre disponível para ouvir as tuas confidências, partilhar os teus momentos de alegria e apoiar-te nos dias mais tristes.
Esta amizade transforma a vida.
Foram muitos os homens e mulheres que, ao longo dos séculos, puderam dizer que, se não tivessem conhecido Cristo, a sua vida seria completamente diferente.
E também falaram da felicidade que trouxe esse encontro. Podemos pensar em pessoas como São Francisco de Assis, Santo António ou a Madre Teresa de Calcutá, para mencionar apenas algumas…
Um amigo gosta de dar presentes aos seus amigos.
Quais são os presentes de Jesus?
O seu Evangelho, com as suas palavras por vezes tão fortes, e Ele próprio, que Se dá na Eucaristia.
«Não é lá muito concreto…», dirás tu. Pelo menos, experimenta! Convido-te a isso.
Como é que um amante da montanha pode explicar aos outros a sua paixão a não ser propondo-lhes que façam com ele um passeio até lá?
Como é que um crente pode partilhar a sua amizade por Jesus a não ser dando aos outros, por meio da sua alegria, a vontade de acreditar?

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 40

.
40. Como é que Jesus nos salvou?
.
       Na verdade, acreditamos que Jesus veio ao Mundo para nos salvar.
Mas de quê? Do mal e da morte.
Só existe uma maneira de lutar contra o mal: é fazer o bem.
Por onde quer que passava, Jesus semeava o bem.
Ele deu-nos a conhecer o único caminho que nos pode salvar do mal: amarmos ao ponto de nos darmos.
E cabe-nos a nós continuar a lutar como Ele contra o mal.
Jesus também nos salvou da morte.
Como?
Pela sua ressurreição. Na manhã de Páscoa, os Apóstolos descobriram algo nunca visto: um túmulo vazio.
Foi a primeira vez, na história da humanidade, que sucedeu tal coisa: um homem escapou ao poder da morte. Deus ressuscitou-O.
Pela sua morte e ressurreição, Jesus abriu uma brecha no muro da morte.
Agora sabemos que ela não é invencível.
«Tanto melhor para Ele. E nós?», dirás tu.
Jesus veio ao mundo para nos dar a mão e nos levar, atrás d’Ele, até ao Pai, pela brecha da ressurreição.
Presta atenção à seguinte parábola.
Uns pássaros ficaram presos na rede de um caçador. Todos se debateram, mas não conseguiam escapar-lhe.
Um deles lançou-se às malhas da rede e acabou por conseguir rasgar uma, ferindo-se. Abriu então as asas e voou pela abertura sendo seguido por todos os outros.
Assim, Jesus Cristo foi o passal pela "rede" da morte que prendia a pessoa humana e, depois dele, todos podemos passar para o Paraíso e ficar libertos da condenação e da morte, mas temos de fazer a nossa parte...
Se estivermos presos na rede do pecado, será muito mais difícil a nossa salvação.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

QUARESMA

                 Com a Quarta feira de Cinzas, 
Iniciamos um tempo sagrado na vida da Igreja e de todo cristão:
               a QUARESMA.
40 Dias de preparação para a Páscoa
  Na Bíblia o Número 40 tem um sentido especial:
 Período de preparação em vista de um grande acontecimento:
   
- Assim o DILÚVIO durou 40 dias e 40 noites...
      foi a preparação para uma nova humanidade.
 
- Durante 40 anos passou Israel no DESERTO...
     a caminho da Terra Prometida.
  - Durante 40 dias fizeram penitência os habitantes de NÍNIVE... antes de receber o perdão de Deus.
- Durante 40 dias e 40 noites, caminhou ELIAS até chegar à Montanha de Deus.
- Durante 40 dias e 40 noites,
   MOISÉS e JESUS jejuaram no início da Missão.
- Assim os 40 dia da QUARESMA, são também um tempo especial de conversão e renovação interior, em preparação da nossa Páscoa.
+ Ao receber as CINZAS,
  expressamos com humildade e sinceridade de coração,
  que desejamos nos CONVERTER            e CRER de verdade no Evangelho.
 
As cinzas simbolizam o nosso NADA diante do Criador.
 Fomos criados do pó da terra e ao pó voltaremos...
O Evangelho fala dos             
        EXERCÍCIOS QUARESMAIS:
 
- A Oração   à para com Deus...  
   
- A Esmola   à para com o Próximo...  
 
- O Jejum   à para consigo mesmo...
São os 3 caminhos apontados                                             por Cristo e pela Igreja que nos ajudam a viver a Quaresma:
+ Tempo quaresmal
um ponto de FRATERNIDADE  que merece uma atenção especial:
O mais importante na Quaresma
  Não são apenas os ritos exteriores:
  Não comer carne, comer menos.
  O mais importante é a disposição
  Interior em ser melhor:
- Para com Deus- rezar mais e melhor
Para com os outros- repartir (esmola ser mais amigo deles, ajudar, servir.
- Para connosco: sermos humildes,
Vencer os vícios, os defeitos, os pecados. ~
Dominar-se a si mesmo:
  Preguiça, palavrões, violência, agressividade, abuso na comida e bebida.
VENCER AS TENTAÇÕES
  -Ter – Bens materiais
  -Prazer – Fama, vaidade,
  -Poder, mandar.

       Jesus propõe:
.
- Pobreza (desprendimento)
- Humildade(simplicidade, bondade)
- Serviço
TEMPO DE SE RECONCILIAR
-Reconciliar-se= confessar-se para nos comprometermos com o Senhor em sermos melhores.
 -Destruir os ídolos para adorarmos e amarmos a Deus sobre todas as coisas:
  - Orgulho, soberba, vaidade, auto-suficiência, egoísmo, egocentrismo
  - Ídolo do dinheiro, dos bens materiais, do consumismo, comodismo exagerado, sexo, droga, álcoolismo,
 
-Quaresma é tempo de deixarmos Deus agir em nós para sermos mais santos, mais perfeitos:
- nos pensamentos  --  nas palavras
- nos sentimentos    --  nas ações
- nas intenções
- na vontade – querer o que Deus quer.
O essencial na Quaresma é que eu me converta ao amor. Deus é AMOR.
  • Amor a Deus
  Amor aos outros
  Amor a mim mesmo
 
Muitos cristãos vivem como pagãos:
- mentem, roubam, são desonestos, dizem palavrões, não rezam, não se confessam, não vêm à missa,
Odeiam, vingam-se, não cumprem os seus deveres, são vaidosos… Só procuram agradar ao mundo…
Por isso Jesus nos diz:
  Convertei-vos, mudai de vida
  Mudai o vosso falar (boas palavras)
  Mudai o vosso pensar (bons pensamentos
  Mudai o vosso agir (boas obras)
  Mudai o vosso sentir (bons sentimentos)
AMAR a todos, servir, ser humilde, ajudar
  Cortar na comida, na bebida, nos excessos, nas compras.
  Cortar os maus hábitos, os vícios, os maus costumes.
  O que pouparmos vamos partilhar no Contributo Penitencial com a Diocese
COMPROMISSO

 •SÓ DEUS NOS FAZ COMPLETAMENTE FELIZES
  Qual é o meu propósito para esta Quaresma de 2012?
  Que é que eu vou fazer em concreto para ser melhor:
  Para com Deus
  Para com os outros
  Comigo mesmo…
A FELICIDADE CRISTÃ NÃO ESTÁ
 • No ter (coisas, compras, ter bens materiais…),
 Nem está no passear, no comer, no vestir, no comprar, nem no gozar,
  Nem está no divertir-se…
  Não está no ter muita fama, muita importância
   Não está no poder, no dominar os outros
A felicidade cristã está no MUITO AMAR:
Amar a Deus sobre todas as coisas
- Amar aos outros, querer o bem dos outros, servir, ajudar, ser solidário com os que sofrem
- Amar e respeitar-se a si mesmo.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 38

.
          38. Porque é que Jesus escolheu Judas se sabia
                 que ele ia trai-l’O?
.
     Não acredito que Jesus, quando escolheu Judas, já soubesse que ele ia traí-l’O.
É verdade que, a dado momento, Jesus anunciou que isso ia acontecer (João 13, 11).
     Mas não foi por adivinhar o futuro, e sim por conhecer bem o coração de Judas, de tanto viver com ele e o amar.
       Sentiu que ele tinha mudado.
       Não poderias tu também adivinhar uma traição de um teu amigo?
O que é belo, em tudo isto, é que Jesus manteve, apesar de tudo, o seu caminho.
Pressentiu o rumo que as coisas iam tomar, mas não recuou.
Foi até ao fim na sua missão. Era verdadeiramente livre.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

SENTIDO DA VIDA


- A SUA VIDA TEM SENTIDO?
- QUAL O SENTIDO DA SUA VIDA?
- O QUE É QUE DÁ SENTIDO À SUA VIDA?
- QUAL O SENTIDO PLENO DA VIDA HUMANA?
- PARA QUE É QUE ESTAMOS NA TERRA?
- QUAL O RUMO A TOMAR NA VIDA?
- VALE A PENA VIVER?

PENSE NISTO
HOJE MUITA GENTE NÃO PENSA NA VIDA...
VAI ARRASTANDO A VIDA AO SABOR DAS MODAS, DA MAIORIA, DA OPINIÃO MDOS OUTROS.
HOJE, MUITA GENTE, VIVE UMA VIDA SEM O VERDADEIRO SENTIDO...
VIVE UMA VIDA MEDÍOCRE, BANAL, SUPERFICIAL, EGOÍSTA...
MUITA GENTE VIVE LIMITADA A COMPRAS, A CONSUMO, A COISAS MATERIAIS, A DIVERTIMENTOS, A PASSATEMPOS, AO PRAZER...
NÃO VIVE... MUITA GENTE VAI VIVENDO, VAI ARRASTANDO A VIDA...

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 36


      36. É verdade que Jesus não gosta dos «ricos»?
No Evangelho, Jesus manifesta muitas vezes a sua preferência pelos pobres, porque eles são os esquecidos. Deus não esquece ninguém e portanto dá prioridade aos mais necessitados.
É verdade que Jesus também disse «ai de vós, os ricos» (Lucas 6, 24), mas não disse que eles não entrariam no Reino dos Céus; o que disse foi que lhes seria difícil entrar nele.
Jesus lamenta isso. «Ai de vós» não significa que lhes deseje mal, mas sim que considera muito triste a situação deles.
Sabes bem que as riquezas materiais não chegam para nos fazer felizes.
Aquele que, olhando para as suas riquezas, acredita ter tudo aquilo de que precisa não se apercebe de que lhe falta o essencial, que é o amor de Deus e dos outros; afasta-se dos outros e nada espera deles, pelo que endurece o seu coração…
Jesus não vai controlar o dinheiro que os teus pais têm na conta do banco.
Vai é olhar para o teu coração:
Estás preso às tuas riquezas?
Estás disposto a partilhar?
Ainda precisas dos outros e de Deus?
Jesus quer ensinar que além das riquezas materiais existem as riquezas espirituais: a amizade, a verdade, a solidariedade, a justiça, a temperança (moderação), a generosidade, a fé, a esperança, o amor...
Para Deus estas são as riquezas maiores e que estão dentro das pessoas.
Infelizmente para muita gente só contam as riquezas exteriores que estão fora das pessoas: o dinheiro e os bens materiais.
Há gente tão pobre, tão pobre, tão pobre que só tem dinheiro... Esses é que são os verdadeiros pobres infelizes...

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

A MINHA RELAÇÃO COM DEUS

.

III- EU E DEUS
.
A pessoa que olha para dentro de si mesmo e se conhece percebe que temo fome e sede de Deus, de infinito, de realidades que vão para além da matéria.
Quando não tem Deus enche-se de se tornam ídolos: pessoas, coisas materiais, divertimentos, política, futebol, novelas, álcool, droga, sexo, trabalho...
A pessoa de fé encontra-se com Deus e encontra Deus.
Tudo na vida precisa de uma base, de um alicerce.
É a espiritualidade. É o que dá sentido e força, luz e coragem para sermos aquilo que devemos ser.
A nossa espiritualidade cristã é baseada na pessoa de Jesus Cristo e na Igreja Católica que continua a missão salvadora e libertadora de Jesus.
“Sem Mim nada podeis fazer”.
A meta de cada pessoa é conhecer Jesus Cristo para se tornar seu discípulo e amigo.
Seguidor e anunciador. Evangelizado e evangelizador.
Discípulo (seguidor) e Apóstolo (enviado junto dos outros).
Conhecer Cristo e segui-lo, identificarmo-nos com Ele, dá sentido à vida.
A nossa vocação é elevarmo-nos até sermos imagens de Cristo e não rebaixar-nos seguindo os instintos para sermos imagem do animal feroz, violente, selvagem.
   É que a pessoa pode ser um anjo ou uma besta, depende da forma como usa a sua liberdade.
A graça supõe a natureza. A graça de Deus serve-se da natureza humana para a aperfeiçoar.
Para isso, precisamos de buscar os meios necessários à nossa divinização, à nossa cristificação, isto é, para sermos parecidos com Deus, com Cristo: bons, amigos, generosos. Esses meios são a oração, a leitura da Palavra de Deus, os sacramentos, a conversão, a mudança de vida.
O centro da nossa vida, o eixo da roda da nossa vida, o essencial, deve ser Jesus Cristo: verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Jesus Cristo é como o treinador de futebol: é precisa ouvi-lo, escutá-lo, fazer o que Ele manda.
Ele é como o Maestro da Orquestra. Todos somos importantes, mas sem o Maestro, tudo fica desorientado...
Deus é TUDO. Sem Ele a nossa vida não tem verdadeiro sentido... Não temos RUMO, ficamos desorientados...