Número total de visualizações de página

quarta-feira, 8 de junho de 2011

DEUS HABITA-NOS (3)

.
DEUS HABITA-NOS (3)
.
Além da oração comunitária que é a Eucaristia, a fé de cada um precisa de ser alimentada pelo silêncio, onde cada um pode fechar os olhos, entrar em si mesmo e escorregar na descida silenciosa que leva até Deus e bem no fundo de nós mesmos nos encontrarmos com o Divino, numa atitude de confiança e diálogo com Deus que é tudo: é Vida, é Amor, é Paz, é Verdade, é Perdão, é Misericórdia e nós que somos nada, mas que encontramos tudo em Deus.
É no silêncio do nosso quarto, da natureza, de uma igreja vazia, fechando os nossos olhos, que nós nos encontramos mais profundamente com Deus Nosso Pai e Criador porque esquecemos tudo, deixamos tudo, nos concentramos para mergulharmos até ao fundo do oceano, do mar do nosso espírito onde Deus nos espera para se dar a nós.
Para Deus sobe-se, descendo, entrando em si, fechando os olhos e abrindo a mente e o coração a Deus.
Às vezes dizemos que Deus entra em nós na oração, mas, se calhar, devíamos dizer o contrário: nós é que, pela oração, entramos em Deus.
A atracção para Deus deve dar-se pelo Amor e não pelo temor, nem pelo medo.
Deus ama-nos e nós devemos ser atraídos a Deus pela resposta e esse mesmo amor que Deus derrama em nós pelo Espírito Santo e que nos puxa, nos atrai a Si, para que nós O amemos com o amor que Ele derrama em nós.
O que nos deve atrair para Deus é a certeza do Seu amor por nós, até ao ponto de permitir que Seu Filho morresse; permitir viver em nosso mundo, apesar do seu pecado; de viver em nós, apesar das nossas misérias.
É próprio do amor nunca se procurar a si mesmo, nada reservar para si mesmo, mas dar tudo à pessoa que se ama. Assim é Deus que, por nos amar tanto, nos deu o Seu Filho e nele nos deu tudo o que tinha: deu-se a si mesmo como Pai, deu-nos Jesus como irmão, como Salvador, deu-nos o Espírito Santo como a força do amor que nos atrai para Deus.
Para se aproximar de Deus é preciso crer, ter fé, confiar; pois só pela fé nós entramos em comunhão com Deus e pela fé os bens futuros tornam-se certos e presentes a nós e nós podemos já gozar deles.

Sem comentários: