Número total de visualizações de página

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

A PORTA DA FÉ... RESUMO

 
A PORTA DA FÉ... RESUMO
 
A renovação da Igreja realiza-se também pelo testemunho prestado pela vida dos crentes.
A nossa vida deve fazer brilhar a Palavra de Deus que o Senhor Jesus nos deixou.
O ANO DA FÉ deve contribuir para uma autêntica conversão ao Senhor, Único Salvador do mundo.
Em Jesus Cristo, Deus revelou plenamente o Amor que salva e chama os Homens à conversão de vida por meio da remissão dos pecados.
Este amor introduz os Homens numa vida nova.
Esta vida nova devia purificar e transformar os pensamentos, os afetos, a mentalidade e o comportamento do Homem.
A fé que atua pelo amor, torna-se um novo critério de entendimento e de ação, que muda a vida do Homem.
 
7. O amor de Cristo nos impele.
Ele enche o nosso coração e nos impele a evangelizar, enviando-nos aos outros para proclamar o Evangelho a todos os povos.
Com o Seu amor, Jesus Cristo atrai os homens a si, nos convoca, nos reúne na Sua Igreja para realizar uma nova evangelização, para descobrir de novo a alegria de crer e reencontrar o entusiasmo de comunicar a fé.
A fé cresce na medida em que se transmite Aos outros (ser missionário, ser apóstolo).
A fé deve ser vivida por cada um como um amor recebido de Deus e deve ser testemunhada como uma experiência de graça e de alegria.
A fé cresce e torna-se mais forte na medida em que a pessoa acredita e a testemunha com a própria vida. A fé tem de fazer de nós apóstolos.
“Quem não é apóstolo (testemunho da fé), está prestes a se tornar apóstata (traidor da fé)…”.
A fé não se pode guardar, tem de se transmitir…
A FÉ OU SE APEGA, OU SE APAGA
 

Sem comentários: