Número total de visualizações de página

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

QUARESMA, TEMPO DE MELHOR ORAÇÃO



QUARESMA, TEMPO DE REZAR MAIS E MELHOR

 A oração é uma necessidade e não uma obrigação.
É uma necessidade de quem ama a Deus.
Na oração, podemos dizer a Deus o que sentimos, o que pensamos.
Pedir perdão para os nossos pecados, buscar ajuda. Agradecer o que já recebemos.
Louvar a Deus porque Ele nos ama e por Ele ser tão bom para connosco.
Precisamos de ouvir o que Ele nos quer dizer.
Para O ouvir, devemos ler a Bíblia, vir à Igreja ouvir a Sua Palavra.
Só se ama aquilo que se conhece.
Devemos aprofundar a nossa fé.
Estudar, ler bons livros para sabermos em quem acreditamos (pessoas divinas) e no que acreditamos verdades da nossa fé.
Conhecer os mandamentos, os sacramentos, as obras de misericórdia, as bem-aventuranças, as virtudes teologais, as virtudes cardiais, dons do Espírito Santo.
Se não se apostar na formação, a Igreja não tem futuro, dizia um bispo.
Se amamos a Cristo, temos de nos interessar por aquilo que Ele disse e fez.
Para mim, quem é Jesus Cristo? Que valor tem para mim?
Que influência tem na minha vida?
Já me encontrei com Ele na oração pessoal, íntima, como um amigo fala ao seu amigo?
Cristo é o Messias, o Ungido, o Salvador, o Libertador, o Filho de Deus.
Mas para mim, será isso mesmo na prática?
Deus é uma família.
Falar com cada uma das pessoas divinas todos os dias: falar com Deus Pai, falar com Deus Filho, falar com o Espírito Santo.
Valor da oração. Quanto tempo dou à oração?
Falar com Deus como um EU fala a um TU.

Sem comentários: