Número total de visualizações de página

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

PERGUNTAS ACERCA DE DEUS- 36


      36. É verdade que Jesus não gosta dos «ricos»?
No Evangelho, Jesus manifesta muitas vezes a sua preferência pelos pobres, porque eles são os esquecidos. Deus não esquece ninguém e portanto dá prioridade aos mais necessitados.
É verdade que Jesus também disse «ai de vós, os ricos» (Lucas 6, 24), mas não disse que eles não entrariam no Reino dos Céus; o que disse foi que lhes seria difícil entrar nele.
Jesus lamenta isso. «Ai de vós» não significa que lhes deseje mal, mas sim que considera muito triste a situação deles.
Sabes bem que as riquezas materiais não chegam para nos fazer felizes.
Aquele que, olhando para as suas riquezas, acredita ter tudo aquilo de que precisa não se apercebe de que lhe falta o essencial, que é o amor de Deus e dos outros; afasta-se dos outros e nada espera deles, pelo que endurece o seu coração…
Jesus não vai controlar o dinheiro que os teus pais têm na conta do banco.
Vai é olhar para o teu coração:
Estás preso às tuas riquezas?
Estás disposto a partilhar?
Ainda precisas dos outros e de Deus?
Jesus quer ensinar que além das riquezas materiais existem as riquezas espirituais: a amizade, a verdade, a solidariedade, a justiça, a temperança (moderação), a generosidade, a fé, a esperança, o amor...
Para Deus estas são as riquezas maiores e que estão dentro das pessoas.
Infelizmente para muita gente só contam as riquezas exteriores que estão fora das pessoas: o dinheiro e os bens materiais.
Há gente tão pobre, tão pobre, tão pobre que só tem dinheiro... Esses é que são os verdadeiros pobres infelizes...

Sem comentários: