Número total de visualizações de página

sexta-feira, 22 de maio de 2009

DIMENSÕES DO ESPÍRITO SANTO


albanosousanogueira@sapo.pt

http://operfumededeus.blogspot.com/


O E.Santo é Aquele que age em nós, na Igreja e nos conduz a Deus. Vejamos a acção do E.Santo na nossa vida:
1- Santificador - Na vida cristã nada é santo sem a acção do E.Santo. Sem Ele nada é divino, sobrenatural, evangélico.
Jesus é chamado Santo porque é gerado pela acção do E.Santo. Maria é Santa porque é habitada plenamente pela graça divina, obra do E.Santo.
A nossa santificação, o nosso crescimento em santidade e virtude é trabalho, é obra do E.Santo em nós. É Ele quem nos faz crescer na perfeição, que nos vai fazendo ser parecidos com Jesus, que vai gerando Cristo em nós, cristificando-nos, ou ainda, divinizando-nos.
2- Purificador - Um dos símbolos dos E.Santo é o fogo do Pentecostes. Como sabemos o fogo purifica. Ora o cristão é um doente que precisa de ser curado. Em nós há trevas, pecado, marcas do pecado original e do pecado pessoal: orgulho, vaidade, amor próprio desordenado, ódio, impureza, soberba, avareza, sensualidade, etc.
O Espírito pode curar-nos, sarar-nos, purificar-nos, lavar-nos de todo o mal. A acção do E.Santo dentro de nós vai-nos lavando, libertando, tornando-nos, limpos, purificados.
O pecado escraviza, acorrenta e corrompe. O E.Santo pode fazer de nós pessoas novas, restauradas, com alma, coração, vida, purificados.
Mas o E. Santo só trabalha em nós se nós deixarmos, se quisermos, se nós colaborarmos. Se nós não colaborarmos e não quisermos o E.Santo nada faz. A liberdade do homem tem de colaborar com a iniciativa de Deus porque Deus não força a nossa liberdade. Ninguém progride na vida espiritual se não colaborar com a acção do E.Santo. O coração humano é como uma porta que só se abre por dentro...
Se formos como a argila, o barro, o papel, Deus trabalha-nos, molda-nos. Se formos como uma pedra, será muito difícil Deus trabalhar-nos.
3- Mestre de Oração - É o E.Santo que em nós reza. É Ele que nos faz chamar Pai. É Ele que nos dá o gosto pela oração, a alegria pela contemplação e meditação das verdades da fé. É Ele quem nos ensina a rezar e nos faz conhecer mais e melhor os mistérios divinos.
4- Hóspede divino - O E. Santo habita o cristão baptizado. Cada cristão é um consagrado porque o Espírito o ungiu, daí a necessidade de fazer uma liturgia interior, isto é, fazer do nosso ser, um santuário onde Deus habita e aí louvá-l' O, bendizê-l' O, adorá-l' O. Daí o respeito pelo nosso corpo e pelo corpo dos outros. Deus tem de ser não apenas hóspede, convidado, mas o dono da casa.
Para tal, temos de nos deixar conduzir pelo E.Santo. Deixá-lo agir, actuar, mandar em nós para podermos proclamar os louvores de Deus.
Deus mora em mim, mora nos outros, daqui o respeito sagrado que devemos ter por cada pessoa vendo nelas a presença de Deus.

5- Compreender a Palavra - Jesus disse aos Apóstolos que quando viesse o E.Santo os faria compreender os seus ensinamentos.
Por isso, ainda hoje, é o mesmo Espírito quem nos faz compreender a Palavra e os ensinamentos de Jesus.
Foi Ele quem inspirou os escritores sagrados a escrever a Bíblia e nos ajuda agora a perceber a Sagrada Escritura e a saborear as coisas divinas.
Sem o E.Santo, o Evangelho seria letra morta. Cristo pertenceria ao passado. mas no Espírito Cristo ressuscitado torna-se presente, o Evangelho faz-se poder e vida.
6- Força e sabedoria para Anunciar o Reino - Depois do Pentecostes, Pedro e os Apóstolos perderam o medo e saíram de casa, começando a pregar o Reino de Deus e tudo o que tinha acontecido a Jesus morto e ressuscitado.
É o E.Santo quem age no coração do ouvinte e o abre à Palavra escutada. A adesão pela fé aos mistérios pregados é obra do E.Santo que toca levemente os corações e os abre à Palavra salvadora.
Um pregador pouco faz sozinho. Ele semeia a palavra de Deus, mas quem a faz frutificar na vida de cada um é o E.Santo.
Só o E.Santo converte, só Ele dá fé e abre os corações. Sem Ele tudo fica oculto.
O E.Santo faz com que a Igreja seja missionária e vá pelo mundo pregar Jesus salvador.
7- Gerar Cristo - Jesus é gerado pelo poder do E.Santo no seio da Virgem Maria. Esta acção no coração do Cristão e na comunidade continua a ser feita por Ele. Gerar, isto é, fazer nascer, crescer em nós os sentimentos, os gostos, a vontade de Cristo.
Levar o cristão a pensar como Jesus Cristo: amar, sentir, pensar, agir, sorrir, sofrer, rezar, trabalhar com Jesus. Ter os mesmos sentimentos, as mesmas atitudes, o mesmo coração.
8- Agente nos sacramentos - Os sacramentos são acção e obra de Cristo e do Espírito Santo. É o E.Santo quem dá eficácia, força aos sacramentos.
No baptismo gera filhos de Deus; une no matrimónio os esposos; converte no altar o pão e o vinho no corpo e sangue de Jesus; perdoa na confissão; consagra os jovens na Ordem
Os sacramentos são como que canais da graça e são obra do E.Santo.
Quanto mais abertos ao Espírito, mais os sacramentos são eficazes em nós.
9- Fogo e água - Fogo e água são dois grandes símbolos do E.Santo, além da pomba que apareceu no Baptismo de Jesus.
O fogo foi a maneira do E.Santo se manifestar no Pentecostes. Fogo que ilumina, aquece, queima, purifica, mas sem destruir. É essa acção do E.Santo em nós.
Água divina que Jesus falou antes da paixão. Água que prometeu à Samaritana; água que brota daqueles que acreditam.
Água que lava, purifica, dá fertilidade natural e sobrenatural; que mata a sede de paz, de alegria interior, de felicidade.Água que faz gerar filhos para a vida divina.

A pomba também um símbolo do Espírito Santo - Símbolo de paz, de mansidão, de amor.


2 comentários:

Ailime disse...

Sr. Padre,
Estes seus ensinamentos sobre a acção do Espírito estão desenvolvidos no sentido de que compreendamos melhor o que Deus pode fazer em nós através do Seu Espírito!
Abramos o nosso coração ao Senhor e deixemos que Ele aja em nós.
É através do Espírito que a oração tem sentido!
É através do Espírito que a nossa união com Deus se torna realidade.
Bem-haja por esta reflexão.
Um abraço na paz de Cristo.

catequstas disse...

Padre:
Tocou-me tanto o que escreveu. que mesmo sem autorização. resolvi levar as suas palavras...
Creio que isto também uma forma de O anunciar.
Fique com Deus

Obrigada
Fátima