Número total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

SÓ DEUS BASTA...8

.
3. Purificar a razão, a memória

Nós orientamos o nosso dia a dia pela razão, pelo pensamento, pela experiência, pelos conhecimentos adquiridos.

Se a razão, o pensamento não forem iluminados pela fé, se a memória não for purificada, podem tornar-se fonte de dúvidas, de resistências, de revolta contra as exigências de Deus.
Daí a necessidade de serem purificadas.

Por vezes, é preciso ter uma atitude interior, pôr em causa a nossa maneira de pensar por não estar de acordo com o evangelho e ouvirmos a voz de Deus que nos orienta por outra forma de pensar.
Claro que ouvir a voz de Deus é entrar em choque com o nosso pensar, sentir e agir humanos; nossos apegos, apoios e critérios deste mundo.

A purificação do nosso pensamento, da nossa memória, do nosso coração traz sofrimento porque implica desapego, renúncia ao que é cómodo, fácil, corte com aquilo que nos escraviza e aliena.

4- Bendita fraqueza
Cada pessoa quer sentir-se forte, eficiente, decidir sobre a sua vida, ser independente.
A fraqueza física, psíquica, espiritual não nos agrada nada; temos medo dela porque nos tornamos dependentes dos outros.

Mas Deus permite essa fraqueza física para nos purificar e ajudar a entrarmos mais em comunhão com Ele.

A fraqueza que tanto nos amedronta, vista no plano da fé, é uma bênção e um grande dom, porque nos ajuda a perceber que já não nos podemos apoiar em nós de forma orgulhosa, soberba, mas que nos devemos apoiar em Deus e nos outros.
Se vivermos na fé as fraquezas humanas, elas tornam-se uma fonte de salvação e não temos outra saída senão implorar a Misericórdia divina e buscar apoio em Deus.

A fraqueza torna-se uma bendita fraqueza porque é uma oportunidade para a graça divina nos invadir e o Senhor servir-se de nós como seus instrumentos.

O que é mal a nível humano (doença) pode torna-se uma bênção a nível divino.

Deus realizaria milagres se Lhe permitíssemos entrar na nossa vida.

É necessário ter uma grande fé para tirar proveito da fraqueza física, psíquica, espiritual implorando humildemente a comunhão com Cristo fraco e sofredor.

Agora temos saúde, mas ela é passageira.
Aos poucos vamos perdendo a saúde física e desse modo nos podemos unir mais confiadamente em Deus.

Jesus disse: "Sem Mim nada podeis fazer".
Esta frase deveria levar-nos a uma confiança total em Cristo.

Sem comentários: