Número total de visualizações de página

terça-feira, 6 de julho de 2010

- ESPIRITUALIDADE (5)



Deus pode comunicar ao Homem algumas verdades desde que o faça de acordo com o mesmo Homem, para ele as entender.
Comunicará as verdades que achar convenientes ao Homem e quando o achar conveniente: também Deus usou o processo de comunicar lentamente o conjunto da Revelação.
Estas verdades tanto podem ter sido transmitidas a um homem isolado como a um povo.
Mas não se destinam apenas para esse homem isolado, nem para esse povo.
Um e outro são instrumentos que Deus usa para Se revelar a toda a Humanidade: à humanidade contemporânea desses homens isolados ou desse povo, assim como à humanidade que viria depois deles.
Aqueles que Deus escolheu para comunicar as suas verdades à Humanidade devem possuir sinais positivos:
Deus não ia falar através de pessoas que não possuíssem virtudes e boas qualidades.
Aqui está um sinal para se conhecer se alguém fala em nome de Deus: Pelos frutos se conhecem as árvores.
Também pelas acções se conhecem aqueles que dizem falar em nome de Deus.
Quando um professor ensina, tendo em conta o respeito pelo aluno, nunca este aluno sai diminuído.
Antes pelo contrário.
Também quando Deus ensina certas verdades, tendo em conta os legítimos direitos do Homem, nunca diminui o Homem nem o impede de desenvolver as suas qualidades naturais.
Pelo contrário: para o Homem entender bem o que Deus quis revelar-lhe, deve desenvolver mais e mais as suas qualidades humanas e estudar o meio em que tem vivido e vive.
Deus vem auxílio da pessoa dando-lhe talentos que valorizam as suas capacidades.
Talento é aquilo de bom que recebemos de Deus e que devemos desenvolver: a fé, a esperança, o amor, a bondade, a solidariedade.
É legítimo acreditar nos homens verdadeiros, embora também eles se enganem.
É mais legítimo acreditar em Deus.
Deus é a própria Verdade.
Deus não nos engana.
Deus não Se engana.

1 comentário:

Anónimo disse...

Sábias palavras Padre se tivessemos mais ´Fé e entregassemos a Deus os nossos problemas, evitavamos muitas vezes gastar tantas energias com duvidas e mal entendidos. Se a Fé é um dom de Deus temos que pedir sempre para Ele nos dar esse dom