Número total de visualizações de página

sábado, 31 de julho de 2010

TUDO É VAIDADE

Este Domingo 18º do Tempo Comum do Ano C vamos ouvir na Eucaristia:
"Vaidade das vaidades, tudo é vaidade" (Eclesiastes ou Coeleth 1,2).
------------------------------------
Procuramos a felicidade nas coisas materiais... Mas isso não basta para sermos felizes.
Procuramos a felicidade nas pessoas...
Veja-se a promessa de amor no matrimónio.
Mas as pessoas, tantas vezes, nos decepcionam e nós também as desiludimos.
Esta é uma grande verdade.
Tudo é vão, tudo passa.
Só Deus permanece...
Apegar-se demasiado a coisas materiais e pessoas é uma ilusão, pois tudo passa...
Apegar-se a Deus, pois Ele permanece.
As coisas materiais desiludem.
As pessoas desiludem-nos e nós desiludimos os outros...
Só Deus não desilude...
A fonte da vida está só em Deus
Só Deus nos pode tornar plenamente felizes.
Não tanto do jeito que nós queremos.
Mas ser felizes do jeito que Deus quer.
Aspirar às coisas do Alto, às coisas espirituais, divinas.
Não aspirar a poder, honras, riquezas, grandezas, fama, pois tudo isso é vão, ilusão, espuma do mar.
O nosso coração foi feito para Deus e só em Deus encontrará a felicidade.
Deus é Comunhão, Deus é Amor e só na comunhão e nos amor seremos felizes.
---------
Ensina-me, Senhor, esta lição, esta sabedoria,
que é dom do Espírito Santo.

Sem comentários: